9 de setembro de 2020 09:23

Tribunal de Contas envia lista de “ficha-suja” para TRE/AL

De acordo com TCE, 35 gestores tiveram suas contas rejeitadas

Redação

O Tribunal de Contas de Alagoa (TCE/AL) encaminhou – no dia de ontem – uma lista com 35 nomes de gestores alagoanos que tiveram suas contas rejeitadas pela Corte para o Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL). Com base nessas informações, os juízes eleitorais poderão decidir sobre o deferimento ou não de candidaturas, analisando caso a caso.

A rejeição das contas da gestão também pode – conforme a legislação eleitoral – provocar a inelegibilidade do gestor, já que se trata de um julgamento feito por colegiado, o que pode ser enquadrado – a depender do entendimento da Justiça – na Lei da Ficha Limpa.

A lista do Tribunal de Contas tem a presença de prefeitos, ex-prefeitos e vereadores. Alguns desses nomes podem querer concorrer a cargos nas eleições municipais desse ano. A solicitação dos registros de candidaturas ocorre – entretanto – após o período de convenção, que se encerra no próximo dia 16 de setembro.

Na semana passada, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que a mudança na data das eleições devido à pandemia de covid-19 beneficia candidatos que estariam impedidos de disputar o pleito com base na Lei da Ficha Limpa. Alguns gestores alagoanos que estariam impedidos de participar do pleito em 2020 poderão solicitar o registro da campanha.

De acordo com o TRE/AL, o número de gestores públicos com as contas rejeitadas este ano é maior do que foi tido em 2018, quando 27 foram listados.

Os que tiveram as contas rejeitadas são José Rodrigues Gomes (Água Branca), Rogério Farias e Maria Cícera Mendonça Casado (Barra de Santo Antônio), Ermane Pereira de Melo (Batalha), Gervásio de Oliveira Lins e Luciano Rufino da Silva (Campo Alegre), Antônio Palmery Neto (Cajueiro), Severiano José Freitas Souza e Manuilson Andrade Santos (Colônia Leopoldina), Amara Cristina da Solidade (Joaquim Gomes), Arthur Emílio Bernardes Lins (gestor do Ideral), Manoel João dos Santos Júnior (Passo do Camarsgine), Maxwell Tenório Cavalcante (Pindoba), Juliana Lopes de Farias Almeida (Mar Vermelho), Cristiano Matheus (Marechal Deodoro), Márcio Fidelson Menezes Gomes (Maravilha), Cleovan Florentino de Almeida (Marimbondo), Mailson de Mendonça Lima (Monteirópolis), Fernando Lou (Mata Grande), Siloé de Oliveira Moura (Senador Rui Palmeira).

Também foram notificados José Alberto Barroso Barreto (Jaramataia), Djalma Guttemberg Siqueira Brenda (Piaçabuçu), Roberto Ferreira Wanderley (Cacimbinhas), Manoel Marques Júnior (Jacuípe), Cícero Ferreira da Silva (Satuba), José Hermes de Lima (Canapi), Marcos Antônio de Almeida (Paulo Jacinto), Cícero Cavalcante (São Luís do Quintunde), João Pereira da Silva (Santa Luzia do Norte), José Ernesto Silva Júnior (Jacaré dos Homens), Marcos Aurélio de Melo (Câmara Municipal de Jacará dos Homens), Antônio Guedes Cavalcanti Filho (Câmara de Joaquim Gomes), Luiz Adolfo Beiriz Verçosa (Câmara de São Miguel dos Milagres), Cícero José da Silva (Câmara de Porto Calvo) e Mário César Pereira da Silva (Câmara de Batalha).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *