14 de outubro de 2020 09:04

Governo Bolsonaro libera mais de R$ 17 mi para obras de saneamento em 9 estados

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) liberou R$ 17,1 milhões para a continuidade de obras de saneamento básico em nove estados do país. Segundo a pasta, o investimento contemplará projetos de abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais e saneamento integrado.

A responsabilidade das obras será dos governos estaduais e das prefeituras. Os empreendimentos terão reforço financeiro do governo federal e estão localizados no Amapá, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe. O Rio Grande do Norte é o estado que irá receber a maior parte dos recursos, cerca de R$ 9,93 milhões, que serão utilizados em três obras.

INFRAESTRUTURA

Além das obras de saneamento, o governo federal vai destinar R$ 68,74 milhões para fomentar o desenvolvimento regional no interior da Bahia e no Acre. O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho visitou os dois estados e reforçou a importância dos investimentos federais para dar oportunidades às mais diversas regiões do País. “É fundamental que o Governo olhe atentamente para aqueles que mais precisam.

As regiões Norte e Nordeste precisam desse apoio para que o seu potencial floresça. A determinação do Presidente Jair Bolsonaro é de que possamos dar condições para que isso aconteça. Esses investimentos são prova disso e vão garantir a melhoria da qualidade de vida da população”, destacou Marinho.

Para o Acre, serão destinados R$ 45 milhões, que serão utilizados na recuperação de 30 quilômetros da rodovia AC-10, no trecho que liga Rio Branco(AC) à Porto Acre (AC), e na duplicação de cerca de 15 quilômetros da estrada estadual AC-405, em Cruzeiro do Sul(AC). Em Campo Formoso, na Bahia, o MDR vai investir R$ 23,74 milhões, por meio da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), para a retomada das obras do sistema de esgotamento sanitário da cidade; pavimentação de 62 quilômetros de vias; e doação de 171 tanques de cisternas de 10 mil litros e de uma retroescavadeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *