14 de outubro de 2020 08:30

Pesquisas mostram o crescimento de Alfredo Gaspar e polarização da eleição

Nas pesquisas de intenção de votos do período pré-eleitoral – quando não havia a necessidade de registro junto à Justiça Eleitoral – o cenário daquele momento mostrava uma eleição disputada por pelo menos entre quatro dos pré-candidatos postos na corrida pela Prefeitura de Maceió. Porém, com uma vantagem para o deputado federal João Henrique Caldas, o JHC (PSB). Naquele cenário, o pedetista Ronaldo Lessa ainda era tido como um dos nomes a disputar o Executivo alagoano.

Porém, diante do jogo político, JHC e Lessa se aliaram e o pedetista acabou como vice na chapa. Pelos números, o socialista não ganhou votos com a chegada de Lessa. As novas pesquisas – já registradas no Tribunal Regional Eleitoral – apontam que JHC estacionou e Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB) se aproximou ao ponto de haver, agora, um empate técnico entre os dois. Ainda pelos números do Ibope e do Paraná Pesquisas, o ex-prefeito Cícero Almeida (Democracia Cristã), ao entrar no pleito, atrapalhou a candidatura de Davi Davino Filho (Progressistas), que perdeu para Almeida a terceira posição.

Porém, os dois aparecem distantes dos primeiros colocados. O crescimento de Alfredo Gaspar passa a ser – conforme informações de bastidores – uma preocupação para JHC. Um fato, entretanto, se consolida nessas pesquisas: é imensa a possibilidade de um segundo turno. NÚMEROS Ontem saíram os números do Instituto Paraná Pesquisa. JHC aparece na liderança com 26,9% dos votos. Porém, Alfredo Gaspar surge na segunda posição com 25,9%. Na prática, trata-se de um empate técnico em função da margem de erro de três pontos percentuais. O candidato do Democracia Cristã é o terceiro colocado com 9,1%.

Davi Davino Filho passou para a quarta posição com 4,1% das intenções de voto. Lenilda Luna (Unidade Popular) surge em quinto lugar com 2,1%. O direitista Josan Leite (Patriotas) ficou com 1,9% das intenções de voto, seguido por Valéria Correia (PSOL), que tem 1,6%. O candidato do PT, Ricardo Barbosa, tem 1,6%.

Corintho Campelo aparece com 0,7% e o último colocado é Cícero Filho (PCdoB) com 0,4%. O cenário é praticamente o mesmo do Ibope, que foi divulgado na semana passada. A diferença é que Alfredo Gaspar aparece na frente com 26%, JHC surge 25%, Cícero Almeida com 10%, Davi Davino Filho com 5%, Lenilda Luna tem 3%, Josan Leite tem 2%, Ricardo Barbosa surge com 2%, Valéria Correia tem 2%, Corintho Campelo fica com 1% e Cícero Filho ocupa a lanterna com 1%. A pesquisa do Instituto Paraná foi divulgada pelo Diário do Poder e se encontra registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL), com o número AL-02982/2020. A do Ibope tem o registro de número AL-09340/2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *