13 de novembro de 2020 09:35

Josan Leite é bem avaliado no debate por internautas por conta da ‘independência’

O primeiro debate eleitoral com os candidatos à Prefeitura de Maceió, promovido pelo Acta na terça passada, contou com sete dos dez postulantes. O candidato Josan Leite (Patriota) esteve presente e se posicionou com clareza sobre todos os questionamentos feitos. Perguntando sobre falas, ações e posições do presidente Bolsonaro, ele salientou que o pleito em discussão é municipal e Bolsonaro não está concorrendo. Respondeu à respeito de como irá melhorar o índice de emprego e renda, tratando de um dos seus projetos que é o Pólo Tecnológico no Jaraguá, mudanças na saúde e como fomentará a cultura.

Os internautas que acompanharam o debate afirmaram positivamente sobre as colocações de Josan, “esse debate só confirmou minha escolha, 51 é o melhor para Maceió”, postou um deles. Ao falar sobre a marca de um possível governo, caso seja eleito, Leite frisou que pretende levar à Prefeitura de Maceió “a marca da independência, a marca da técnica, a marca do profissionalismo.

Temos a única candidatura verdadeiramente independente de Maceió. E esse é o único momento que a capital e o povo de Maceió tem de trazer para dentro da administração pública técnicos profissionais focados em resultados. Usar a máquina pública para servir ao cidadão”.

PRAZOS

Josan Leite ainda explicou que os planos para a administração estão divididos em prazo, ao falar sobre suas propostas de governo. “Nós temos planos de curto prazo e planos de longo prazo. O de curto prazo é a gente usar as estações de bombeamento, que a gente chama de tratamento em tempo seco, que são todas essas drenagens que estão caindo esgoto, que não deveriam estar ali, isso é um crime. E a gente vai bombear isso tudo para a estação de tratamento e depois vai para o emissário submarino.

O Riacho Salgadinho, a mesma coisa. De curto prazo também é o barramento dessas águas sujas que chegam ali, uma estação de bombeamento e levar ele também para uma estação de tratamento e depois via emissário submarino para que seja lançado no mar, mas uma água já tratada, com mais de 90% de pureza. Isso já faz com que a gente tenha essa solução” afirmou. “Mas a solução de longo prazo é o saneamento básico. Precisamos sanear Maceió inteira e agora, com o novo marco regulatório do saneamento básico, a gente vai ter a chance.

Tem uma empresa que foi recentemente contratada, então tem aí muito dinheiro para que a gente possa fazer essa transformação do saneamento básico em toda Maceió”, destacou o candidato ao Executivo da capital do Patriotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *