19 de novembro de 2020 09:44

Prefeito da capital e vice-prefeito testam positivo para o coronavírus

Na manhã de ontem, o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (sem partido) e o vice-prefeito Marcelo Palmeira (PSC) foram diagnosticados como infectados pelo coronavírus. Eles passam por isolamento social, mas se encontram com sintomas leves da doença, conforme as primeiras informações passadas à imprensa. Os dois políticos se envolveram no pleito eleitoral desse ano. Apesar de estar no segundo mandato, Rui Palmeira apoia – e participa ativamente da campanha – o candidato Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB). No primeiro turno, Palmeira participou de diversas atividades de campanha que envolviam aglomerações.

De acordo com informações de sua assessoria de imprensa, Rui Palmeira fez o teste após perceber alteração no paladar e, segundo os exames, ele já se encontra no sexto dia da doença. Marcelo Palmeira – no primeiro turno – participou ativamente da campanha para vereador. Ele foi eleito pelo PSC para ocupar uma das cadeiras da Câmara de Maceió.

O vice-prefeito falou sobre seu estado de saúde por meio das redes sociais e disse que começou a sentir os primeiros sintomas cinco dias antes das eleições municipais. Conforme a Secretaria de Comunicação de Maceió, o prefeito está em isolamento social e segue as recomendações médicas.

Rui Palmeira repetirá o exame em seis dias para verificar se já está recuperado. Somente após estar curado é que ele deve voltar às atividades do gabinete. O vice-prefeito se encontra internado no Hospital do Coração desde a segunda-feira passada, mas com quadro de saúde estável. Ele afirmou que está sendo bem atendido pela equipe médica e que espera se recuperar em breve.

NÚMEROS DE ALAGOAS

Em relação ao coronavírus, a Secretaria do Estado de Saúde divulgou ontem mais um boletim epidemiológico. Foram confirmados mais 136 novos casos, incluindo os do prefeito e vice-prefeito, em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 92.951 casos confirmados do coronavírus até o momento, dos quais 938 estão em isolamento domiciliar. Outros 89.607 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 461 casos em investigação laboratorial. Ainda de acordo com a assessoria de Comunicação da Sesau, foram registradas mais três mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 2.304 óbitos por Covid-19.

Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 2.304 óbitos por Covid19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 2.296 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 1.293 eram do sexo masculino e 1.003 do sexo feminino. Eram 1.017 pessoas que residiam em Maceió e as outras 1.279 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

Das três mortes que foram confirmadas laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, uma vítima era da capital e duas do interior do Estado. A de Maceió era uma mulher, de 56 anos, imunossuprimida, que morreu na Santa Casa de Maceió. Já as duas vítimas do interior do Estado eram um homem e uma mulher. A mulher de 56 anos, de Igaci, era doente renal crônica, hipertensa, obesa e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA); e o homem de 82 anos, de Maragogi, não tinha comorbidades e morreu no Hospital da Mulher. Dos 774 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 123 estavam ocupados até às 17h da terça-feira (17), o que corresponde a 16% do total. Atualmente, 55 pacientes estão em leitos de UTI, 02 ocupando leitos intermediários e 66 em leitos de enfermaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *