20 de janeiro de 2021 11:01

12 mil vacinas foram entregues à Prefeitura de Maceió

Em menos de 24 horas da chegada das vacinas contra a Covid-19 em Alagoas, o Governo do Estado entregou ao Município de Maceió mais de 12 mil doses do imunizante Coronavac, bem como o mesmo quantitativo de seringas e agulhas. Os imunizantes foram disponibilizados pelo secretário da Saúde de Alagoas, Alexandre Ayres, ao prefeito João Henrique Caldas (JHC) e ao secretário Municipal de Saúde, Pedro Madeiro. O ato demonstra o trabalho em parceria para contribuir efetivamente com a imunização da população na capital alagoana.

Seguimos com o compromisso de vencer a pandemia da Covid-19 para que a normalidade seja retomada aqui em Alagoas. Iniciamos hoje a vacinação no estado, com a imunização dos profissionais de saúde, e ao entregar mais de 12 mil doses da Cornavac para a Secretaria Municipal de Saúde de Maceió, toda a equipe técnica chefiada pelo secretário Pedro Madeiro começará a vacinação dos profissionais de saúde aqui em Maceió, sendo aquelas que trabalham em hospitais filantrópicos, hospitais privados, nas unidades básicas de saúde que precisam ser imunizados para seguirem defendendo a nossa população”, destacou o secretário.

Alexandre Ayres lembrou que, inicialmente, havia sido feita uma pactuação com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems) para que as vacinas chegassem aos municípios alagoanos 48h após o recebimento pelo Governo de Alagoas, porém foi decidido antecipar a entrega dos imunizantes à Prefeitura de Maceió.

secretário de Estado também informou que, a partir desta quarta-feira (20), mais doses da vacina serão encaminhadas para os demais municípios alagoanos, após a deliberação sobre aspectos técnicos e operacionais relativos à primeira fase da Campanha de Vacinação contra a Covid-19.

Nosso trabalho tem sido permanente para que a vacina chegue aos municípios alagoanos. Ainda nesta terça-feira, enviamos para a rede hospitalar da Sesau – Hospital Metropolitano, Hospital da Mulher, Hospital do Norte e Hospital de Emergência do Agreste – as vacinas para que os profissionais que estão no enfrentamento à pandemia fossem imunizados”, finalizou Alexandre Ayres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *