26 de janeiro de 2021 10:43

Atlético recebe o Santos, no Mineirão, para manter vivo sonho do título do Brasileirão

Pregando foco total na reta final do Campeonato Brasileiro, o Atlético recebe o Santos, nesta terça-feira (26), em confronto adiado da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida será às 20h, no Mineirão, e o discurso é apenas um para o Galo: vencer para manter vivo o sonho do título nacional. Do outro lado, o Peixe vem a Belo Horizonte com time alternativo e com a cabeça focada na final da Libertadores, contra o Palmeiras, no próximo sábado (30).

O Galo tenta reencontrar o caminho da vitória. Para isso, aposta no fator Mineirão, onde tem predomínio no campeonato. Nenhuma equipe atuando como mandante conquistou mais pontos do que o Atlético. Foram 11 vitórias, 3 empates e 1 derrota no Gigante da Pampulha, aproveitamento de 80%. Nos dois últimos jogos fora de casa, apenas um ponto somado, contra o Grêmio. O revés diante do Vasco na última rodada foi um banho de água fria nas ambições de título, mas, embora remotas, elas ainda existem.

Caso vença o Santos, o Atlético, quarto colocado, com 54 pontos, passa o Flamengo, terceiro com 55, e cola no São Paulo, segundo, com 58. Além disso, reduz para cinco a diferença para o líder Internacional, que soma 62 pontos. Segundo o departamento de matemática estatística da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Galo é a segunda equipe que mais possui chances de título, 8,6%. O Colorado desponta com 77,3%.

“É um jogo difícil, a gente tem que buscar o ritmo que a gente impõe dentro de casa. A gente não pode mais perder pontos. A gente ainda acredita muito no título e é isso que vamos buscar”, afirmou o volante Jair.

Além da necessidade de se recuperar, o Atlético entrará em campo sob clima de cobrança da torcida. Alguns membros da organizada Galoucura protestaram contra o momento da equipe na sede administrativa do clube na segunda-feira (25), exibindo uma faixa com a inscrição: “Muito investimento, pouco futebol”.

Mesmo com a derrota para o Vasco, o técnico Jorge Sampaoli deve manter a base do time que atuou no sábado para o duelo com o Santos. Mas uma novidade deve ser o retorno do zagueiro Réver, substituído no intervalo do empate contra o Grêmio por uma indisposição, não sendo aproveitado em São Januário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *