6 de outubro de 2021 09:18

É recomendado seguir investindo, mesmo com as constantes altas da inflação?

Inflação em alta é algo que preocupa não apenas os consumidores que tomam um susto a cada ida ao supermercado, mas também quem deseja realizar investimentos. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação no país, chegou a 9% durante o mês de julho e a tendência é de novas altas até o fim do ano, segundo especialistas no mercado financeiro.
De acordo com uma pesquisa realizada pelo Banco Central, as projeções em relação à taxa Selic também indicam altas, sendo que, no início deste ano, o índice era de 2% e as projeções já indicam 7,5% ano no final de 2021. Com os indicativos neste patamar, seria este o momento para investir dinheiro? Segundo especialistas em finanças, quem pensa em começar a fazer investimentos deve se preocupar, primeiramente, em fazer uma reserva de emergência.
Neste sentido, a poupança seria o mais indicado, já que é uma aplicação em que a pessoa pode resgatar o dinheiro a qualquer momento. Outra alternativa para reserva de emergência são os títulos do tesouro direto, que assim como a poupança, perde com a inflação, mas rende um pouco mais.
“Se você já deu esse primeiro passo, ou seja, fez sua reserva, é hora de olhar para a inflação. Dentro da renda fixa há a opção dos títulos chamados IPCA+, que é um rendimento extra somado à inflação do período. Há tanto no tesouro direto, quanto nos CDBs que são os títulos de renda fixa de bancos”, orienta Lucas André Sorgato, professor de Economia dos cursos de pós-graduação do Centro Universitário Tiradentes (Unit Alagoas).
Outra orientação para tempos de inflação em alta é analisar bem as opções de investimentos. “Independentemente de inflação você deve ter uma estratégia para sua carteira de investimentos e então, estabelecer objetivos. Você pode investir estabelecendo o grau de risco aceitável para cada um desses objetivos”, ressaltou Sorgato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *