Antenados
29 de julho de 2021 13:46

Crítica | Em um Bairro de Nova York (2021)

Direção: Jon M. Chu

Gênero: Drama | Musical

Onde ver: HBO Max

Curiosidade: Adaptação do musical de sucesso da Broadway “In The Heights”, de Lin-Manuel Miranda – que na versão dos palcos interpretou o protagonista Usnavi. Miranda também é o nome por trás de “Hamilton” e foi indicado ao Oscar pela música da animação “Moana” (2016).

Celebração declarada aos imigrantes latinos de Nova York e de todo o mundo, este musical tem como ponto central a nostalgia de nossas origens e a descoberta dos valores da família e comunidade que afloram quando estamos longe de casa.

Com um elenco encantador, “Em um Bairro de Nova York” explora toda a latinidade em sua essência calorosa e colorida numa história tocante, que apresenta os pequenos sonhos desses imigrantes vizinhos em meio à gentrificação (processo de transformação de centros urbanos através da mudança dos grupos sociais) do lugar que habitam a gerações.

Mesmo feliz e repleto de esperanças a cada canção, o musical de Lin-Manuel Miranda possui diversas camadas e, numa das mais importantes, não deixa de criticar o tratamento e a invisibilidade dos imigrantes nos Estados Unidos.

Ainda assim, o que reverbera em cada nova sequência e a cada canção é a alegria, o otimismo, a esperança e, acima de tudo, o amor pela cultura latina – sempre tão subvalorizada, mas muito protagonista de outros certames da indústria cultural, como a música contemporânea.

Perfeito para quem ama musicais, o filme pode desagradar quem não aprecia muito as narrativas cantadas e cheias de coreografias. Ainda assim, o gênero anda cada vez mais raro no cinema que, quando aparece tão vibrante assim, merece uma sessão.

E você, gosta de musicais? Já assistiu “Em um Bairro de Nova York”? Conta pra gente nos comentários!

Para acompanhar todas as novidades acesse o canal do YouTubeFacebookInstagram e Twitter. Veja tudo que já postamos aqui no nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *