Sidney Tenório
1 de fevereiro de 2020 15:00

Entenda porque as viaturas da Polícia Civil estão mudando de padrão

Viatura da Polícia Civil

A maioria da população já deve ter observado que as viaturas da Polícia Civil estão mudando seu padrão de plotagem. Antes eram brancas e vermelha, parecidas com a da Polícia Militar, agora são pretas com detalhes em branco e um novo brasão na cor amarela. Mas o porquê esta mudança está acontecendo?

Não foi um mero capricho da Polícia Civil de Alagoas, mas uma padronização nacional decidida pelo Conselho de Delegados Gerais. Foi decidido que os estados teriam dois anos para mudar seus brasões da PC e três anos para mudar o padrão de todas as viaturas. Esta decisão foi tomada em 2018 e a maioria dos estados já iniciaram as mudanças.

Basta prestar um pouco de atenção em reportagens nacionais que se pode observar que os padrões de brasão, viaturas e até camisas dos policiais civis de todo o Brasil são praticamente idênticos. Mudam apenas poucos detalhes no brasão, como a insígnia e as iniciais do Estado.

Essa padronização é fundamental para a instituição em âmbito nacional. Antes, cada Estado tinha o padrão que queria, dificultando o reconhecimento por parte da população. Vale lembrar que a campanha de marketing feita pelas Polícias Federal e Rodoviária Federal passaram também por esse reconhecimento nacional.

Em um segundo momento, é importante que se crie também uma padronização nacional nos vencimentos, com a criação de um piso nacional, uma das principais bandeiras dos policiais civis, já que os salários de agentes, escrivães e delegados são diferentes, apesar de as atribuições constitucionais e legais serem as mesmas.

Em Alagoas, a padronização nacional está em plena execução. O brasão já foi substituído desde o ano passado, os policiais estão usando a nova padronização em seus fardamentos e a frota de viaturas está sendo trocada gradativamente.

É a Polícia Civil de cara nova. Esperamos que as mudanças vão além da roupa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *