Sidney Tenório
16 de novembro de 2019 14:00

Não há mais espaço para corrupção na Polícia Civil

Viatura da Polícia Civil

Estamos às vésperas de um concurso público para a Polícia Civil de Alagoas, o que deve promover a entrada de agentes e delegados. É fundamental oxigenar as carreiras com a entrada de pessoas com pensamentos modernos e que cheguem com um único pensamento: honrar a PC alagoana e fazê-la crescer. Não há mais espaço para corrupção na instituição.

Quando fiz o curso de formação para Delegado de Polícia no Estado do Maranhão, onde ocupei o cargo por quase cinco anos, ouvi de um dos mais preparados delegados do Brasil, André Gossain, a seguinte frase: “tem espaço para todo tipo de profissional na Polícia Civil. Só não tem lugar para corrupto”. E continuou: “Eu vou ter um imenso prazer em prender um dos senhores que se envolver com corrupção e limpar a instituição que tanto prezo”.

Aquelas palavras ficaram na minha mente e são elas que norteiam meu trabalho. Se não quer ver uma carreira policial manchada, ser desmoralizado, perder meses ou anos de estudo, trabalhe de forma correta, honesta. Quer ganhar mais ou ter um padrão de vida melhor, existem formas legais e morais para se fazer isso. É esse o pensamento que deve ter aqueles que estão prestes a ingressar na Polícia Civil de Alagoas.

Esta semana infelizmente acompanhamos mais um desdobramento da Operação Navalha, que prendeu quatro policiais civis alagoanos acusados de envolvimento com crimes de corrupção. O que sei das investigações é apenas o que vi na imprensa, em vídeos e fotos dos agentes públicos em busca de propinas.

Ainda é cedo para fazer qualquer juízo de valor sobre o caso em concreto. Mas se ficar comprovado o envolvimento no ilícito, que a punição seja dura para servir de exemplo para outros que pensem em praticar tais crimes, em especial, para os jovens que estão neste momento estudando para entrar na PC alagoana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *